Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

Nasceu a nova Igreja Ortodoxa da Ucrânia

Nasceu a nova Igreja Ortodoxa da Ucrânia
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

O primeiro culto da recém-criada Igreja Ortodoxa da Ucrânia realizou-se esta segunda-feira, na catedral de Santa Sofia, em Kiev. O nascimento da nova igreja coincide com o Natal Ortodoxo.

O serviço religioso ocorreu no dia a seguir à receção do decreto formal de reconhecimento emitido por Bartolomeu I, o Patriarca Ortodoxo de Constantinopla - que atua como primus interpares das comunidades ortodoxas do mundo inteiro.

O presidente ucraniano, Petro Poroshenko, participou na cerimónia, tendo afirmado no final: "Quebrámos os últimos laços que nos ligaram a Moscovo e às suas fantasias sobre a Ucrânia como território canónico da Igreja Ortodoxa Russa".

Mais do que um golpe na autoridade espiritual de Moscovo no mundo ortodoxo, o reconhecimento da independência da Igreja Ortodoxa ucraniana representa o maior cisma cristão desde a reforma protestante do século XVI.