Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Brexit: Tribunal da UE recusa pedido irlandês

Brexit: Tribunal da UE recusa pedido irlandês
Tamanho do texto Aa Aa

O Tribunal de Justiça da União Europeia determinou que, até se concretizar o Brexit, o Reino Unido continua responsável por examinar os pedidos de proteção internacional se for o primeiro país de entrada do requerente.

O Tribunal recusou, assim, o pedido do Comissário para as Candidaturas a Refugiado da Irlanda para assumir, excecionalmente, essa responsabilidade no caso dos menores que, entretanto, passaram a fronteira para este país.

"No acórdão de hoje, o Tribunal observa, em primeiro lugar, que a notificação por um Estado-membro da intenção de se retirar da União Europeia em conformidade com o artigo 50.º do Tratado da União Europeia não tem o efeito de suspender a aplicação do direito da União Europeia nesse Estado-membro e que, consequentemente, essa lei continua em pleno vigor e efeito nesse Estado-membro até ao momento da sua retirada efetiva da União Europeia", lê-se no comunicado do TJUE.