A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Atenas e Skopje viram a página, elogios sucedem-se por essa europa fora

Atenas e Skopje viram a página, elogios sucedem-se por essa europa fora
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

O parlamento grego ratificou esta sexta-feira o Acordo de Prespa, que terminou com quase três décadas de braço de ferro entre Atenas e Skopje. O país balcânico passará a designar-se oficialmente por República da Macedónia do Norte.

A votação foi equilibrada mas o executivo de Alexis Tsipras conseguiu 153 votos quando apenas precisava de 151 para aprovar o documento.

O Acordo de Prespa entra assim em vigor, colocando a um ponto final a 28 anos de discórdia entre Atenas e Skopje. Se até agora se usava a designação Antiga República Jugoslava da Macedónia para evitar confusões com a região grega, agora é apenas Macedónia do Norte.

Para o primeiro-ministro da Grécia trata-se de "um dia histórico para os Balcãs" uma vez que conseguiram "virar a página e dar espaço à paz, à cooperação, à amizade, à solidariedade e à compreensão" numa "região com um longo historial de guerras, conflitos e ódio nacionalista".

A alegria de Tsipras foi partilhada pelo seu homólogo macedónio no Twitter, Zoran Zaev. Os dois chefes de governo foram os principais responsáveis pelo acordo, capazes de ultrapassar a forte oposição interna e colheram os frutos além-fronteiras.

Mina Andreeva, Jens Stoltenberg e Donald Tusk não deixaram de manifestar a satisfação pela implementação do Acordo de Prespa nas redes sociais e pelo fim de quase três décadas de braço de ferro entre os dois países vizinhos.

À porta da Assembleia o ambiente contrastava mas os protestos baixaram consideravelmente de tom relativamente às manifestações dos dias anteriores, de acordo com os opositores a principal razão prendeu-se com o mau tempo na capital grega.

Agora que o acordo para o nome foi oficialmente ratificado pelo parlamento grego, Atenas informará Skopje que o Acordo de Prespa pode começar a ser implementado. Ainda há um longo caminho, mas uma das primeiras coisas que podemos esperar é ver a Macedónia avançar com a candidatura para se juntar à NATO.