Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

Papa Francisco em Abu Dhabi

Papa Francisco em Abu Dhabi
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Ao fim de pouco mais de seis horas de viagem o Papa Francisco aterrou em Abu Dhabi para fazer história. Esta é a primeira visita de um Sumo Pontífice ao Golfo Pérsico.

À chegada, o Papa foi recebido pelo Príncipe herdeiro, Xeque Mohammed bin Zayed Al Nahyan. Caminharam juntos e passaram pela Guarda de Honra, saudando as respetivas delegações.

Antes de embarcar para a viagem de três dias, o Papa apelou, no Vaticano, ao respeito pelas tréguas no Iémen de forma a por termo à grave crise humanitária no país. Nas redes sociais sublinhou que pretende escrever uma nova página de diálogo conjunto e trilhar caminhos de paz.

O Sumo Pontífice desloca-se a Abu Dhabi para participar numa conferência sobre o diálogo inter-religioso pensada para combater o fanatismo e promover a postura moderada do Islão.

Nos Emirados Árabes Unidos, o principal aliado da Arábia Saudita na guerra no Iémen, está tudo a postos para a receber o Papa. Esta segunda-feira decorre a cerimónia de boas-vindas no Palácio Presidencial. Segue-se uma visita ao príncipe herdeiro. À tarde, depois de um encontro privado com os membros do Conselho Muçulmano de Anciãos (Muslim Council of Elders) na Grande Mesquita do xeque Zayed, decorre o encontro inter-religioso no qual se espera um discurso do Papa.

Na terça-feira, Francisco visita a Catedral de Abu Dhabi e preside depois à Missa no estádio Zayed Sports City para mais de 130 mil pessoas.