EventsEventosPodcasts
Loader
Find Us
PUBLICIDADE

2018 foi o quarto ano mais quente

2018 foi o quarto ano mais quente
Direitos de autor 
De  Euronews
Publicado a Últimas notícias
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

A Organização Meteorológica Mundial, uma agência das Nações Unidas, refere que as temperaturas de 2018 ficam, apenas, atrás das registadas em 2016, o ano mais quente, 2015 e 2017.

PUBLICIDADE

2018 foi o quarto ano mais quente desde que há registos.

Segundo um comunicado da Organização Meteorológica Mundial, uma agência das Nações Unidas, no ano passado a temperatura global foi de cerca de um grau celsius acima dos níveis pré-industriais.

O documento refere que as temperaturas de 2018 ficam, apenas, atrás das registadas em 2016, o ano mais quente, 2015 e 2017.

O secretário-geral da Organização, Petteri Taalas, referiu, no comunicado, que "os fenómenos meteorológicos extremos tiveram um forte impacto ao atingir muitos países e milhões de pessoas, no ano passado."

A Organização Meteorológica Mundial advertiu, ainda, que 2019 não será melhor. O ano começou com os Estados Unidos da América a registarem as mais baixas temperaturas desde que há registos.

No outro lado do globo, no Hemisfério Sul, a Austrália enfrentou o janeiro mais quente de sempre.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Incêndio nos arredores de Atenas obriga a retirar milhares de pessoas

Houthis reivindicam ataques a 3 navios nas últimas 24 horas

ONU diz que podem ter sido cometidos crimes de guerra na operação de resgate em Gaza