A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Itália convidada a diversificar a economia angolana

Itália convidada a diversificar a economia angolana
Direitos de autor
AMPE ROGERIO / EPA
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Angola e Itália, uma amizade de "longa data" reforçada e uma cooperação ampliada para além do Petróleo. Naquela que foi a primeira visita de Estado de um presidente italiano a Luanda, Sergio Matarella e João Lourenço concordaram em aprofundar os laços que unem os dois países.

"Concordámos que existe uma larga margem de colaboração, uma colaboração crescente entre empresas angolanas e italianas em diversos setores algumas com um interesse particular nos setores agroalimentar, de infraesturas e energia", declarou o chefe de Estado italiano.

O Presidente angolano referiu que "na troca de impressões que tivemos, passámos em revista o nível das relações de amizade e cooperação entre os dois países, considerámos que o nível é bom mas pode ser melhor, sobretudo na cooperação económica".

Luanda abriu a porta da diversificação económica aos italianos, em especial no investimento na agricultura, e a aposta no desenvolvimento de infraestruturas, mas sempre com um olho no petróleo.

Em conclusão, ficou a expressa a vontade de existir mais investimento italiano em Angola e também o desejo de reforçar a presença angolana em Itália.

João Lourenço visita Roma em breve na sequência do convite formulado pelo homólogo transalpino.