EventsEventosPodcast
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Dois mortos em confrontos na fronteira entre a Venezuela e o Brasil

Dois mortos em confrontos na fronteira entre a Venezuela e o Brasil
Direitos de autor  Marcelo Segura/Courtesy of Chilean Presidency/Handout via REUTERS
Direitos de autor  Marcelo Segura/Courtesy of Chilean Presidency/Handout via REUTERS
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Este sábado, podem ocorrer novos confrontos violentos entre civis e soldados venezuelanos, nas fronteiras com a Colômbia e o Brasil, pela entrada de auxílio humanitário no país.

PUBLICIDADE

Pelo menos duas pessoas morreram e várias ficaram feridas na vila venezuelana de San Francisco de Yuruaní , a cerca de 70 quilómetros da fronteira com o Brasil, fechada por ordem de Nicólas Maduro. Os soldados e um grupo de civis pemones envolveram-se em confrontos quando os indígenas tentavam assegurar a passagem de ajuda humanitária para a Venezuela.

O irmão da vítima mortal explica que a irmã só estava a tentar ajudar os jovens quando foi atingida por disparos do exército.

A jornalista colombiana da Rádio Caracol avançou no Twitter que os índios sequestraram o comandante geral da Guarda Nacional Bolivariana, José Miguel Montoya Rodríguez, após terem sido atacados a tiro.

Este sábado podem ocorrer mais confrontos uma vez que está prevista nova tentativa de entrada de ajuda humanitária pela fronteira entre o Brasil e a Venezuela.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Confrontos na fronteira Venezuela-Colômbia agravam-se

"Terramoto Taylor": concertos da norte-americana causam atividade sísmica em Lisboa

Mais de 1,6 milhões de pessoas assistiram ao concerto de Madonna no Rio de Janeiro