EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Eleições na Moldávia terminam em impasse

Eleições na Moldávia terminam em impasse
Direitos de autor REUTERS/Vladislav Culiomza
Direitos de autor REUTERS/Vladislav Culiomza
De  Joao Duarte Ferreira
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

A oposição denunciou os resultados e ameaça com protestos nas ruas

PUBLICIDADE

As eleições parlamentares na Moldávia terminaram num impasse.

O partido no poder, Partido Democrático e pró-europeu, perdeu mandatos mas mesmo assim obteve o maior número de assentos parlamentares, 34 no total.

A oposição, liderada pelo Partido Socialista, próximo de Moscovo, conquistou a segunda posição (31 assentos).

A terceira força política, ACUM, mais votada foi o bloco anti-corrupção (23 assentos).

Os resultados, segundo os observadores, abrem caminho a negociações com vista à obtenção de uma maioria parlamentar; outros contudo afirmam que o país poderá ter que regressar em breve às urnas.

A oposição já denunciou os resultados eleitorais e ameaçou com a realização de protestos nas ruas.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Eleições na Moldávia: entre a Rússia e a União Europeia

Presidente pró-russo toma posse na Moldávia

Separatistas da Transnístria pedem a Moscovo "proteção" contra a pressão da Moldova