Última hora

Última hora

Primeira Cimeira UE - Liga Árabe

Primeira Cimeira UE - Liga Árabe
Tamanho do texto Aa Aa

Pela primeira vez, líderes dos países da Liga Árabe e da União Europeia juntos na mesma fotografia.

Na cimeira conjunta de Sharm el-Sheikh, no Egito, 49 países debatem as ameaças comuns de segurança e as crises no Iémen, Síria ou Líbia, além, claro, do problema dos migrantes no Mediterrâneo.

Uma questão salientada pelo Presidente do Conselho Europeu, Donald Tusk.

"Quero agradecer e saudar todos os que aqui assumiram o peso de acolhimento aos migrantes, ajudaram refugiados e agiram cedo para combater o tráfico de pessoas. Temos de trabalhar juntos."

O Presidente do Egito, Abdel Fattah al-Sissi, destacou também a necessidade de maior cooperação noutras matérias, como é o caso do terrorismo.

"Não chegou a hora de um acordo sobre uma abordagem abrangente no combate ao terrorismo? Um dos principais componentes na luta contra o terrorismo é um confronto desses grupos com os meios de segurança. Uma luta que inclui também um confronto intelectual contra as suas ideologias. Outro elemento importante é travar o financiamento e apoio que recebem."

Todos esperam que deste encontro resulte mais cooperação entre vizinhos, para que, como referiu o presidente do Conselho Europeu, Donald Tusk, não se deixe a ação nas mãos de poderes globais distantes, numa referência aos interesses dos Estados Unidos, China ou Rússia na região.