Última hora

Última hora

Peru em destaque na ARCO Madrid

Peru em destaque na ARCO Madrid
Tamanho do texto Aa Aa

Já abriu as portas a Feira Internacional de Arte Contemporânea da capital espanhola. Na inauguração estiveram presentes os reis de Espanha e o presidente do Peru, o país convidado da edição deste ano.

A polémica volta a fazer parte da ARCO Madrid. Desta vez, com a escultura gigante do rei Felipe VI. Mede 4 metros e 45 centímetros, custa 200 mil euros e quem a comprar tem de comprometer-se a queimar a obra.

Carlos Urroz, diretor da feira, desvaloriza a polémica.

"A controvérsia é criada pela imprensa. Os artistas falam sobre o seu trabalho e vocês distribuem a informação. Eu tento sempre chamar a atenção para vários artistas. É muito injusto que um artista tenha toda a atenção, seja para o bem ou para o mal. Aqui estão representados 800 artistas e uma seleção de 23 artistas peruanos. São esses que as pessoas têm de ver. As pessoas não têm de olhar apenas para o trabalho que é destacado nas notícias".

A edição 38 da Feira Internacional de Arte Contemporânea de Madrid reúne 203 galerias de arte de 31 países. Portugal está representado com 13 galerias.

A ARCO Madrid termina no próximo domingo.