A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Continuam os protestos na Argélia

Continuam os protestos na Argélia
Direitos de autor
DZEPTV
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Na Argélia continuam os protestos contra a decisão do presidente de se recandidatar a um quinto mandato.

Esta sexta-feira, nos confrontos violentos entre manifestantes e polícia, centenas de pessoas ficaram feridas e um homem de sessenta anos não resistiu a um acidente vascular cerebral. Era filho de Benyoucef Benkhedda, figura histórica e antigo presidente do governo provisório do país.

Este sábado, o ministro do Interior visitou os feridos no hospital.

Nas ruas vive-se o sétimo dia de protestos.

Confrontado com a contestação, o presidente demitiu o diretor de campanha.

Abdelaziz Bouteflika está no poder desde 1999. Raramente aparece em público Tem 82 anos e um estado de saúde bastante debilitado.