Macri defende plano de austeridade

Macri defende plano de austeridade
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

No Congresso, o presidente argentino fez um discurso otimista e em clima de campanha para as eleições gerais de 27 de outubro

PUBLICIDADE

Austeridade apesar da crise económica.

No tradicional discurso do Estado da Argentina, o presidente Mauricio Macri afirmou que “hoje a situação está melhor do que em 2015” quando assumiu a presidência. Defendeu as políticas de contenção apesar de, em 2018, a atividade económica ter caído 2,6% e a inflação ter atingido os 47,6%. Admitindo o aumento da pobreza nos últimos anos, o presidente anunciou um aumento de 46% no benefício social por filho.

No Congresso, Macri fez um discurso otimista e em clima de campanha para as eleições gerais de 27 de outubro.

No Congresso, o presidente enfrentou os protestos da oposição. Nas ruas, milhares de pessoas manifestaram-se contra as políticas de austeridade que atingem a terceira maior economia da América Latina.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

À reconquista do povo, governo argentino anuncia medidas sociais

Primeiro encontro de Papa Francisco com Milei marcado com um efusivo abraço

Argentinos saem à rua contra projeto-lei controverso do Presidente Milei