A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Morreu bebé da "noiva do Daesh"

Morreu bebé da "noiva do Daesh"
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

O filho bebé de Shamima Begum, conhecida como "a noiva do Daesh", terá morrido na Síria, segundo confirmou à agência France-Presse o porta-voz das forças que combatem os jihadistas, Moustafa Bali.

Esta morte faz aumentar as críticas ao ministro britânico do interior Sajid Javid, por detrás da decisão de recusar a Begum a possibilidade de regressar ao Reino Unido e retirar-lhe a nacionalidade britânica. As Forças Democráticas da Síria não deram pormenores sobre as circunstâncias em que o bebé teria morrido.

Foi o terceiro filho de Shamima Begum e do holandês Yago Riedijk, entretanto detido. O homem disse, numa entrevista, que o casal cometeu um erro ao juntar-se ao grupo jihadista. O bebé nasceu num campo de refugiados sírio, depois da jovem ter fugido de Baghouz, o último reduto do Daesh.

A decisão do governo britânico de não deixar a jovem regressar foi influenciada por uma série de declarações em que Begum disse que não se arrependia de se ter juntado ao grupo radical. A opinião pública britânica está dividida quanto ao caso.