Última hora

Última hora

Zidane: "Não me apeteceu ir para outro sítio"

Zidane: "Não me apeteceu ir para outro sítio"
Direitos de autor
REUTERS/Susana Vera
Tamanho do texto Aa Aa

De regresso ao Real Madrid, Zinédine Zidane, diz-se de volta a casa e explicou aos madridistas e aos adeptos do mundo inteiro por que partiu e porque regressou.

"Quando parti, era para mim o momento de partir. Dois anos e meio depois e após tudo o que se passou, creio que o balneário precisava disso. Penso que a decisão nesse momento foi boa. Já estou em repouso há nove meses e tenho vontade de retomar o trabalho. Tive outras propostas, podia ter ido para outro sítio, mas não me apetece ir para outro sítio, quero retomar o trabalho aqui e agora vai ser preciso terminar bem esta temporada e sobretudo preparar a próxima e isso faz-se com o que resta desta".

Em Madrid, depois do descalabro, Zidane é praticamente o Messias que renova a esperança: "Acabo de saber e acho muito bem, é um bom treinador, que deu bons resultados no passado um bom jogador de futebol , que provavelmente vai alcançar bons resultados", diz um adepto. Outro acrescenta: "Que salve os móveis. Que se classifique para a Champions, é o que se pode esperar agora...".

Para isso não há tempo a perder. O treinador francês não voltou só. Trouxe os quatro elementos com quem já tinha trabalhado em Madrid. A equipa já está de novo ao serviço e promete mudanças.