This content is not available in your region

Só um soldado britânico acusado pelo "Domingo Sangrento"

Access to the comments Comentários
De  Euronews
euronews_icons_loading
Só um soldado britânico acusado pelo "Domingo Sangrento"

Apenas um dos 17 soldados britânicos alegadamente envolvidos no chamado massacre do Domingo Sangrento, na Irlanda do Norte, vai ser julgado. O ex-paraquedista é acusado de dois homicídios e da tentativa de homicídio de quatro pessoas.

Nos outros 16 casos, o Ministério Público considerou não ter provas sólidas para avançar com a acusação.

O Domingo Sangrento foi um dos dias mais negros do conflito entre a Irlanda do Norte e o resto do Reino Unido. No dia 30 de janeiro de 1972, soldados do Exército britânico dispararam contra um grupo que se manifestava no bairro de Bogside, onde o IRA tinha forte apoio. Os manifestantes estavam desarmados e alguns terão sido alvejados pelas costas. 14 pessoas morreram.