A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Rumo às Eleições Europeias Dia 3 - Monsaraz

Rumo às Eleições Europeias Dia 3 - Monsaraz
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Monsaraz é a segunda paragem desta viagem que a Euronews está a fazer pelas estradas da Europa, a dois meses das eleições europeias. A vila situa-se no Alentejo, a região portuguesa mais envelhecida. Estima-se que por cada cem jovens, haja cento e noventa e nove idosos. Em Monsaraz, jornalista Filipa Soares falou com um empregado e um cliente de um restaurante local.

O Alentejo enfrenta um problema nacional e comum a outros países europeus. Em 2050, Portugal, Grécia, Itália e Espanha estarão entre as seis economias mais envelhecidas do mundo.

Num dos restaurantes da vila de Monsaraz o sentimento é de desânimo. Um dos clientes lamenta a falta de oportunidades para os mais novos que são, cada vez mais, obrigados a sair.

“Não têm trabalho, não têm um emprego. A juventude tem de sair. A minha filha vive em Timor. É professora de línguas”.

O empregado do restaurante contou à Euronews que os seus filhos são os mais novos da vila.

“Estão a estudar. Ela na escola secundária e ele em Beja (...) Depois o que vão fazer? Vão tentar arranjar um emprego, mas não aqui. Vão ter de ir embora.”

Os alentejanos queixam-se da falta de trabalho sobretudo para os mais jovens que querem ficar. Mas os patrões das grandes herdades dizem que o que falta é mão-de-obra nacional e que têm de recrutar imigrantes.