Última hora

Última hora

Leveduras e egenharia genética para fabricar biomateriais

Leveduras e egenharia genética para fabricar biomateriais
Tamanho do texto Aa Aa

A euronews entrevistou John Morrissey, coordenador do projeto europeu CHASSY que tem como objetivo desenvolver biomateriais com a ajuda das leveduras.

"Hoje, para os consumidores é importante que os produtos sejam produzidos de forma sustentável. Os consumidores não querem apenas saber o que se produz mas como se produz. Para nós, a sustentabilidade ambiental é uma parte fundamental do projeto e da ética do projeto", contou John Morrissey.

"Se temos a capacidade de produzir biomoléculas também poderemos produzir moléculas biodegradáveis. Um dos grandes problemas dos plásticos da indústria química é que eles não são biodegradáveis. Ouve-se falar muito da poluição dos oceanos devido ao plástico. Há agora uma possibilidade de usar a levedura ou outros micróbios para produzir moléculas que podem ser usadas para fabricar plasticos biodegradáveis. O consumidor poderá não reparar que o copo é diferente. É um copo de plástico mas é biodegradável, o que é muito importante para muitos consumidores e para o ambiente", explicou o especialista em biotenologias da Universidade de Cork, na Irlanda.

"Nalguns casos, o consumidor não nota a diferença porque os produtos que podem ser produzidos por leveduras imitam, de forma exata, a forma de produção original. Isso é muito importante para alguns dos potenciais usos desta tecnologia. As moléculas que produzimos na levedura vão alimentar uma nova cadeia de produção para produzir outros produtos que são familiares para os consumidores", explicou John Morrissey.