Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Morreu a realizadora belga Agnès Varda (1928-2019)

Agnés Varda após receber prémio honorário no Festival de Cannes em 2015
Agnés Varda após receber prémio honorário no Festival de Cannes em 2015 -
Direitos de autor
REUTERS/Regis Duvignau/Arquivo
Tamanho do texto Aa Aa

Morreu a cineasta francesa Agnés Varda. Tinha 90 anos e faleceu vítima de doença cancerígena.

Internacionalmente conhecida pelos filmes, fotografias e instalações de arte com foco no realismo documental, questões feministas e comentários sociais, Varda recebeu o prémio honorário da Academia de Hollywood pela sua contribuição para a sétima arte, em 2017. Foi a primeira realizadora a receber este galardão.

Com filmes como "Cleo De 5 a 7", "Vagabond" e "Faces Places", a cineasta francesa, nascida na Bélgica, foi uma das principais figuras da Nouvelle Vague.

Esteve entre as 82 mulheres que protestaram na passadeira vermelha no Festival de Cinema de Cannes para fazer pressão pela igualdade de género na indústria cinematográfica.

Já este ano, no Festival de Berlim, recebeu a Câmara Dourada.