Última hora

Última hora

Primeira volta da eleição presidencial na Ucrânia

Primeira volta da eleição presidencial na Ucrânia
Tamanho do texto Aa Aa

A Ucrânia vota este sábado para eleger um novo presidente e, segundo as sondagens, a preferência dos eleitores recai sobre Volodymyr Zelensky, ator, que, sem experiência política, foi o único a mostrar um desempenho presidencial convincente, só que foi numa série televisiva onde incarna um professor que, subitamente, se torna presidente do país.

Um guião que, a cumprir-se, deixará de fora outro candidato, o atual presidente, Petro Poroshenko, levado ao poder pela revolta da praça Maidan em 2014, desgastado por cinco anos de guerra e escândalos de corrupção.

Entre os três primeiros, numa corrida com 39 candidatos, está ainda a veterana Iulia Timoshenko, que já foi primeira-ministra e está na terceira tentativa de chegar à presidência.

Timoshenko promete "reduzir para metade o preço do gaz"; Poroshenko diz que precisa de "mais um mandanto para que as reformas mostrem resultados" e o ator Zelensky diz que "não tem experiência, mas tem muita energia".

Uma energia que lhe garantiu nas sondagens 25 pontos percentuais de avanço sobre os rivais mais diretos. Mas as eleições ganham-se com votos e ainda é cedo para saber quem os ucranianos elegeram para tentar tirar o país da pior crise desde a independência em 1991.