Última hora

Ataque ambiental na "Praia da Pipoca"

Ataque ambiental na "Praia da Pipoca"
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Na ilha de Fuerteventura, nas Ilhas Canárias, há uma praia onde a areia está coberta por pequenos pedaços de coral branco com a forma de pipocas.

O lugar fez sucesso entre os turistas e as fotografias começaram a encher as redes sociais.

Agora, a “Praia da Pipoca” está em perigo. Os especialistas garantem que no último ano os turistas levaram mais de cem quilos destes pequenos pedaços de coral. Os grãos brancos são muito importantes para os ecossistemas quando estão no fundo do mar e também quando morrem porque ajudam a moldar as areias.

A câmara municipal de La Oliva, responsável pela praia, fala de um ataque ambiental e lançou uma campanha para proteger o local e evitar que morra de sucesso.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.