Última hora

Última hora

Theresa May: compromisso com oposição é a única alternativa

Theresa May: compromisso com oposição é a única alternativa
Direitos de autor
REUTERS/Simon Dawson
Tamanho do texto Aa Aa

Theresa May diz que não teve escolha e que as negociações com os trabalhistas foram a única forma de defender o Brexit. Este domingo, a primeira-ministra britânica explicou a decisão polémica de negociar com a oposição.

"A escolha que temos pela frente é sair da União Europeia com um acordo, ou não sair. Agora penso que o governo concorda: precisamos deixar a União Europeia, devemos implementar o Brexit. Isso significa que precisamos de um acordo e é por isso que procuramos novos caminhos, uma nova abordagem para encontrar um acordo no parlamento. E isso significa conversações entre os partidos".

Theresa May espera um entendimento com os trabalhistas e o fim do impasse no parlamento antes da reunião de emergência da União Europeia sobre o Brexit, marcada para a próxima quarta-feira.

A líder da Câmara dos Comuns, Andrea Leadsom, sublinha a importância de um compromisso.

"É isso que está em causa e vamos fazer tudo para conseguir. De qualquer forma, o mais importante é deixar a União Europeia".

O futuro do Brexit parece estar nas mãos de Jeremy Corbyn. Os trabalhistas acusam o governo de pouca flexibilidade para alterar as posições anteriores sobre Brexit.

Esta é mais uma semana crucial para o Reino Unido.

Se nenhum acordo for aprovado, o país deve deixar a União Europeia na próxima sexta-feira, dia 12 de abril.