Última hora

Última hora

Chernobil prepara visitas turísticas

Chernobil prepara visitas turísticas
Tamanho do texto Aa Aa

Em tempos o nome Chernobyl era sinónimo de desastre nuclear mas as percepções estão a mudar aos poucos.

No ano passado, cerca de 70 turistas visitaram a zona de exclusão situada na Ucrânia, na sua maior parte estrangeiros.

Cientistas e ativistas dizem que os turistas nunca ficam indiferentes. É o caso de Johan, um comentador equestre britânico. Ele fala-nos de Pripyat, uma cidade fantasma que antes servia a central nuclear de Chernobil antes do desastre em 1986.

"É incrível ver tantas estruturas. Ver o quanto havia sido construído naquele lugar. Muito design, vê-se que existe uma lógica por detrás. E não é apenas nos apartamentos onde as pessoas viviam. Existe uma piscina aqui, uma escola. E é incrível que toda a comunidade teve que se mudar no piscar de um olho", afirma Johan, um turista originário do Reino Unido.

Os turistas também deixam a sua marca na área, especialmente aqueles que visitam o local ilegalmente, ou seja, sem a autorização necessária e supervisão de um guia. Estes visitantes deixam aqui muito lixo que tem que ser recolhido - parte dos preparativos da zona de exclusão para o aniversário dos 33 anos do acidente nuclear.

"Garrafas de álcool, latas de cerveja e plástico. A zona de exclusão de Chernobil não está apenas poluída por radiação. Voluntários locais juntaram-se a uma iniciativa global para recolher o lixo deixado pelos turists, diz a repórter da euronews, Natalia Liubchenkova.

Os guias de Chernobyl contam-se entre os voluntários que estão envolvidos nas limpezas em Prypiat. Eles têm autorizações para entrar na zona de exclusão e querem contribuir para a sua limpeza. Para um deles, Anton Yuhymenko, a maior parte do lixo é composto por plásticos.

"O nosso trabalho é recolher lixo que se acumulou aqui nos últimos anos. Colocamos tudo em pilhas e transportamos para fora da zona seguindo as normas de segurança para objetos radioativos", adianta Anton Yuhymenko, guia turístico de Chernobil.

Muitos turistas vêm aqui para só para visitar este local. A zona de exclusão contribui muito para a imagem da Ucrânia, diz a Associação de operadores turísticos de Chernobyl. Durante os últimos dois anos tem vindo a trabalhar no sentido de tornar a zona de exclusão em Património Mundial da UNESCO.