A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Militares procuram soluções na Argélia

Militares procuram soluções na Argélia
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

O general do exército Gaid Salah afirma que os militares estão a considerar todas as opções com vista à resolução da crise na Argélia.

Esta terça-feira, o presidente do conselho constitucional apresentou a demissão do cargo. Tayib Belaiz havia sido alvo de pressões por parte dos manifestantes pró-democracia que o acusam de pertencer à elite política.

O líder militar, que assumiu a direção do país, deu ordens para a proteção dos manifestantes afirmando que seriam tomadas mais medidas para satisfazer as exigências populares.

O anúncio coincidiu com mais manifestações nas ruas da capital, Argel, pela oitava semana consecutiva.

Os protestos levaram à demissão do presidente Abdelaziz Bouteflika que liderou o país durante duas décadas.