A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Parlamento europeu terá mais eurocéticos

Parlamento europeu terá mais eurocéticos
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

A cinco semanas das eleições europeias, o Eurobarómetro dá a conhecer uma projeção para a nova composição da assembleia em Bruxelas.

Na dança das cadeiras parlamentares, o centro-direita e os socialistas perdem cada um 37 deputados.

Ao contrário dos populistas e dos liberais, em tendência crescente.

O impacto do Brexit

Com o Brexit adiado, os dados revelados pelo Parlamento Europeu ainda têm a conta a participação do Reino Unido, com assinaláveis ganhos políticos para os eurocéticos.

Uma semana depois de ser lançado por Nigel Farage, o Partido do Brexit pode chegar a eleger 10 deputados, tornando-se na terceira força política britânica., com o UKIP imeadiatamente atrás a chegar aos nove parlamentares.

A liderança também muda de mãos, passando o Partido Trabalhista a ser a força política mais votada no Reino Unido para o Parlamento Europeu.

No entanto, as previsões divergem. Uma outra sondagem, do YouGov, mostra que, na semana seguinte a Nigel Farage ter lançado o partido, o Partido do Brexit, saltou para a liderança das intenções de voto, sendo a escolha de 27% dos eleitores.

Um revés para os pró-europeístas, que acreditam poder derrubar o Brexit nas europeias. De acordo com o Eurobarómetro, o Change Uk, partido formado por independentes dissidentes do Partido Trabalhisto e do Partido Conservador por discordarem das políticas relativas à saída da União Europeia, conseguirá apenas 5,5%, elegendo quatro eurodeputados.