Última hora

Última hora

Espanhóis aguardam o primeiro dos grandes debates eleitorais

Espanhóis aguardam o primeiro dos grandes debates eleitorais
Tamanho do texto Aa Aa

É uma segunda-feira importante para o eleitorado espanhol. O primeiro debate antes das eleições gerais conta com a presença dos candidatos dos quatro principais partidos.

À frente nas sondagens o atual líder do Governo, Pedro Sánchez. No entanto, o PSOE, de centro-esquerda deverá ficar aquém da maioria.

Mas os debates de segunda e terça-feira ficam marcados pela polémica.

Tudo porque Santiago Abascal, do partido de direita populista VOX, viu a presença no segundo debate anulada pela comissão eleitoral.

A Comissão O partido VOX não tem representação parlamentar e não pode assim estar presente Os protestos do VOX e dos simpatizantes de nada serviram.

As intenções de voto, na ordem dos 30% para o PSOE e dos 20% para o PP (centro-direita), confirmam que o eleitorado deixa de lado o bipartidarismo.

Partidos como o Ciudadanos (direita liberal), Podemos (esquerda) e VOX (direita populista) deverão obter mais de 10% dos votos e vão pesar nas negociações para a formação de um executivo.

O mesmo acontece com as forças nacionalistas nas regiões autónomas definidas como nacionalidades históricas, como a Catalunha - com a Esquerda Republicana, o País Basco, com o Partido Nacionalista Basco e a Comunidade Valenciana, com o partido valencianista Compromís.