Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

Explosão mortífera no Sri Lanka

Explosão mortífera no Sri Lanka
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Pelo menos 15 pessoas, morreram na noite de sexta-feira durante uma operação das forças de segurança do Sri Lanka contra supostos militantes islâmicos, informou a polícia.

Enquanto militares e polícias tentavam entrar no que era, segundo as informações, um esconderijo da grupo Estado Islâmico, no município de Kalmunai, leste do país, três homens fizeram-se explodir matando três mulheres e seis crianças.

O confronto entre autoridades e supostos militantes islâmicos terminou após mais de uma hora de troca de tiros, informou o porta-voz do Exército, Sumith Atapattu.

Entretanto, o Presidente do Sri Lanka, Maithripala Sirisena, disse que tem "informações de que há cerca de 140 pessoas no país com ligações ao Estado Islâmico e que podem ser erradicadas rapidamente".

Na sexta-feira, a polícia revelou ter apreendido 150 barras de dinamite e uma bandeira do autodenominado Estado Islâmico durante uma busca na cidade de Sammanthurai. De acordo com os investigadores, é o mesmo local onde teria sido filmado o vídeo em que membros do Daesh reclamam a autoria dos ataques bombistas do domingo de Páscoa que provocaram a morte a 253 pessoas.