Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

Paris prepara 1 de Maio particularmente tenso

Paris prepara 1 de Maio particularmente tenso
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Depois de semanas e semanas de manifestações dos "coletes amarelos", Paris prepara-se para umas comemorações do Primeiro de Maio sob o signo da contestação. As autoridades ordenaram aos restaurantes e comércios situados no percurso previsto para a marcha convocada pelos sindicatos para manterem as portas fechadas e a capital francesa encontra-se sob vigilância reforçada.

Num contexto particularmente tenso, o governo teme a repetição de imagens de vandalismo como as registadas há um ano, quando o cortejo foi infiltrado por elementos radicais. O presidente Emmanuel Macron reclamou uma "resposta extremamente forte" contra grupos desse tipo, no caso de novos atos de violência.

As medidas são rigorosas, depois dos "coletes amarelos" terem prometido juntar-se ao movimento sindical por ocasião do Dia do Trabalhador. Mais de 7400 elementos das forças de segurança foram mobilizados para a capital francesa, onde o ministro do Interior Christophe Castaner disse ser esperada a presença de "1000 a 2000 ativistas radicais".