EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Israel assinala Dia do Holocausto

Israel assinala Dia do Holocausto
Direitos de autor 
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Israel parou para cumprir um minuto de silêncio no Dia do Holocausto. Na quarta-feira à noite, o primeiro-ministro israelita, Benjamin Netanyahu, tinha denunciado o que considera ser o aumento do antissemitismo no mundo e deu como exemplo o cartoon do autor português António, publicado no New York

PUBLICIDADE

Israel parou para cumprir um minuto de silêncio no Dia do Holocausto.

Na quarta-feira à noite, o primeiro-ministro israelita, Benjamin Netanyahu, tinha denunciado o que considera ser o aumento do antissemitismo no mundo e deu como exemplo o cartoon do autor português António, publicado no New York Times.

O presidente israelita também discursou no Yad Vashem, o memorial do Holocausto em Jerusalém, e prometeu não dar tréguas ao antissemitismo. "As forças políticas que utilizam o antissemitismo e o racismo na sua linguagem, no seu legado ou na sua ideologia nunca podem ser os nossos aliados. Quer o antissemitismo e o racismo se disfarcem no discurso sobre a imigração da direita ou no discurso sobre os Direitos Humanos da esquerda, devemos denunciá-lo sempre que aparece", afirmou o presidente de Israel, Reuven Rivlin.

Estima-se que quase seis milhões de judeus terão sido mortos pelas forças nazis durante a Segunda Guerra Mundial. O maior genocídio do século XX ficou conhecido como o Holocausto.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Líderes mundiais em Jerusalém para lembrar o Holocausto

Pedras que contam uma história e lembram as vítimas do nazismo

Netanyahu disse a Blinken que não vai aceitar o fim da guerra em Gaza