Última hora

Última hora

Temer volta à prisão

Temer volta à prisão
Direitos de autor
Lusa/EPA/MARCELO CHELLO/Arquivo
Tamanho do texto Aa Aa

Acusado de corrupção no caso Lava Jato, o ex-presidente brasileiro Michel Temer volta esta quinta-feira à prisão, depois de um tribunal do Rio de Janeiro ter revogado o "habeas corpus" concedido no fim de março ao anterior chefe de Estado.

Temer disse estar surpreendido, mas garantiu que acatará esta quinta-feira de forma voluntaria a decisão da instância, contra a qual pretende no entanto recorrer:

"Eu sempre sustentei que, nessas questões todas, não há prova. Para mim, foi uma surpresa desagradável, mas eu amanhã apresento-me voluntariamente. [...] E, ao mesmo tempo, já falei com o advogado e ele apresentará um 'habeas corpus' ao Superior Tribunal de Justiça."

Temer será assim o segundo ex-presidente brasileiro encarcerado na sequência da operação Lava Jato, depois de Lula da Silva, na prisão desde abril de 2018 por corrupção e branqueamento de capitais. Desde que foi lançada, em março de 2014, a mega-investigação colocou atrás de barras nomes importantes da política e do mundo empresarial brasileiro.