Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

Temer volta à prisão

Temer volta à prisão
Direitos de autor
Lusa/EPA/MARCELO CHELLO/Arquivo
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Acusado de corrupção no caso Lava Jato, o ex-presidente brasileiro Michel Temer volta esta quinta-feira à prisão, depois de um tribunal do Rio de Janeiro ter revogado o "habeas corpus" concedido no fim de março ao anterior chefe de Estado.

Temer disse estar surpreendido, mas garantiu que acatará esta quinta-feira de forma voluntaria a decisão da instância, contra a qual pretende no entanto recorrer:

"Eu sempre sustentei que, nessas questões todas, não há prova. Para mim, foi uma surpresa desagradável, mas eu amanhã apresento-me voluntariamente. [...] E, ao mesmo tempo, já falei com o advogado e ele apresentará um 'habeas corpus' ao Superior Tribunal de Justiça."

Temer será assim o segundo ex-presidente brasileiro encarcerado na sequência da operação Lava Jato, depois de Lula da Silva, na prisão desde abril de 2018 por corrupção e branqueamento de capitais. Desde que foi lançada, em março de 2014, a mega-investigação colocou atrás de barras nomes importantes da política e do mundo empresarial brasileiro.