Última hora

Última hora

Chefe indígena em campanha pela Amazónia

Chefe indígena em campanha pela Amazónia
Direitos de autor
REUTERS/Charles Platiau
Tamanho do texto Aa Aa

O chefe indígena brasileiro Raoni Metuktire, célebre defensor da Amazónia, iniciou em Paris uma nova digressão europeia para alertar para a deflorestação de uma região que é conhecida como o "pulmão do planeta".

Recebido pelo ministro francês do Ambiente François de Rugy, o líder indígena tinha previsto também um encontro com o presidente Emmanuel Macron no Palácio do Eliseu, por onde tinha passado já em 2012. A digressão europeia irá levá-lo depois à Bélgica, onde deverá participar numa marcha pelo Clima, bem como ao Luxemburgo, ao Mónaco, a Itália e ao Vaticano, onde será recebido pelo Papa Francisco.

O cacique de 89 anos pretende recolher um milhão de euros para proteger a reserva de Xingu, que alberga várias comunidades autóctones do Brasil.

A deflorestação da Amazónia, que tinha baixado significativamente entre 2004 e 2012, inverteu a tendência no mau sentido em janeiro desde ano, com um aumento de 54% em relação ao mesmo mês de 2018, segundo a ONG Imazon.