Última hora
This content is not available in your region

Angola quer ser membro observador da Francofonia

euronews_icons_loading
Angola quer ser membro observador da Francofonia
Tamanho do texto Aa Aa

O governo angolano tornou oficial, em Paris, a candidatura para se tornar membro observador da Organização Internacional da Francofonia (OIF).

Para o chefe da diplomacia angolana, Manuel Augusto, o ato marca a materialização de um desejo expresso publicamente pelo Presidente da República, João Lourenço.

De acordo com o ministro, a intenção baseia-se no facto de que Angola possui relações privilegiadas com países francófonos, além de permitir reforçar a integração com os vizinhos, em particular, e a comunidade francófona, no geral.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.