EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Áustria: Demissão de Strache leva a eleições antecipadas

Áustria: Demissão de Strache leva a eleições antecipadas
Direitos de autor REUTERS/Leonhard Foeger
Direitos de autor REUTERS/Leonhard Foeger
De  Euronews
Publicado a Últimas notícias
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Após a demissão de Heinz-Christian Strache, o chanceler austríaco anuncia que vai convocar eleições antecipadas o mais depressa possível.

PUBLICIDADE

O vice-chanceler austríaco e líder do FPÖ, o partido austríaco da extrema-direita, apresentou a demissão do governo e também da chefia do partido. O chanceler, Sebastian Kurz, não só aceitou a demissão como anunciou que vai convocar eleições antecipadas os mais depressa possível.

Heinz-Christian Strache foi apanhado por um escândalo de conluio com oligarcas russos, divulgado pela imprensa alemã.

Em conferência de imprensa, Strache defende-se afirmando: "O único ato criminoso desta história é o vídeo ilegal feito pelos serviços secretos, que esperaram dois anos para o divulgarem., acrescentando: "Sim! Trata-se de um assassinato político".

Em causa está um vídeo em que é visto e ouvido em conluiu com uma suposta irmã de um oligarca russo, oferecendo acesso aos mercados públicos austríacos, ajuda para a compra do diário austríaco mais influente, o Kronenzeitung, e uma mansão em Ibiza, em troca de apoio financeiro para a campanha das legislativas de 2017.

O encontro terá sido uma encenação para o apanhar. Um terramoto político a uma semana das eleições europeias. Heinz-Christian Strache promete levar a tribunal quem "gravou esta reunião privada".

O vídeo foi gravado em julho de 2017; o líder do FPÖ formou um governo com o chanceler conservador Sebastian Kurz em dezembro de 2017 e assumiu a vice-chancelaria, na sequência das eleições legislativas.

Strache será substituído na vice-chancelaria e no FPO, pelo número dois do partido, Norbert Hofer.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Uma "questão de princípio": Walter Baier, da Esquerda, critica Von der Leyen por aberturas à extrema-direita

Rebenta na Áustria o maior escândalo de espionagem das últimas décadas

Milhares de pessoas manifestam-se contra a extrema-direita na Áustria