Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Migrantes do Sea Watch 3 acolhidos em Lampedusa

Migrantes do Sea Watch 3 acolhidos em Lampedusa
Tamanho do texto Aa Aa

Os 47 migrantes do navio humanitário Sea Watch 3 foram transferidos para bordo de um navio da guarda costeira italiana para seguirem para o porto de Lampedusa.

De acordo com a agência italiana, ANSA, a operação foi desencadeada depois de o Sea Watch 3 ter sido apreendido pelas autoridades fiscais, alegadamente porque o navio humanitário perturbava a circulação dos barcos que faziam a ligação entre Lampedusa e a Sicília.

As autoridades italianas tinham permitido ontem o desembarque de 18 migrantes - crianças e as suas famílias - bem como de uma mulher com queimaduras, mas o ministério italiano do Interior tinha recusado qualquer possibilidade de desembarque aos restantes migrantes.

O alto comissário das Nacões Unidas para os Direitos Humanos tinha escrito a Matteo Salvini. Ainda este domingo,o ministro tinha afirmado: "Nos últimos dois dias tenho recbido pedidos, para os deixar entrar. A Europa escreveu-me, um juiz escreveu-me, a ONU escreveu-me dizendo que estamos a violar os Direitos Humanos, vários cardeais escreveram. Eu dei a todos a mesma resposta educada: "com a minha permissão ninguém desembarca".