Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Explosão em Lyon: suspeito continua a monte

Explosão em Lyon: suspeito continua a monte
Tamanho do texto Aa Aa

O suposto autor do atentado à bomba em Lyon, que provocou 13 feridos na tarde de sexta-feira, continua a ser procurado pelas autoridades francesas, que não privilegiam nenhuma pista quanto ao seu perfil ou motivações.

A unidade antiterrorismo abriu uma investigação.

Um indivíduo é suspeito de ter colocado um saco explosivo contendo parafusos e pregos numa rua pedonal de Lyon, perto da icónica Place Bellecour.

A polícia lançou um apelo a testemunhas e difundiu a fotografia do suspeito, capturada por uma câmara de videovigilância.

Sexta à noite, o ministro do Interior, Christophe Castaner, e o procurador de Paris, Rémy Heitz, visitaram brevemente o local da explosão sem prestar declarações à imprensa.

A explosão provocou 13 feridos ligeiros - nove mulheres, quatro homens e uma criança de dez anos.