Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Líder da CDU cria polémica com youtubers

Líder da CDU cria polémica com youtubers
Tamanho do texto Aa Aa

Annegret Kramp-Karrenbauer criou a mais recente polémica na Alemanha ao entrar em guerra com o mundo internauta.

Depois das Europeias, a sucessora de Merkel nos destinos da CDU, atribuiu a responsabilidade pelo pior resultado de sempre do partido aos Youtubers.

Tudo começou quando, nas vésperas das eleições, o youtuber alemão Rezo apelou ao voto em partidos alternativos acusando a União Democrata-Cristã de nada fazer para resolver a crise climática.

Um vídeo que, só nesse dia, teve mais de 10 milhões de visualizações.

Liberdade de expressão vs. "Manipulação eleitoral"

Liberdade de opinião e expressão para uns, "manipulação eleitoral" para Karrenbauer. A líder da CDU recorreu ao Twitter para explicar que o que defende são regras para a internet.

Uma posição que não encontrou eco nas restantes forças partidárias.

Também através do Twitter, o líder do Partido Democrático Liberal defendeu que é necessário haver mais debates abertos, também nas redes sociais.

Também à esquerda se fez ouvir a condenação de Kramp-Karrenbauer pelo que consideram ser um ataque sem precedentes à liberdade de expressão.

Com uma base eleitoral forte acima dos 60 anos, a CDU e os partidos tradicionais têm sentido dificuldade em atrair os mais jovens. Ao contrário dos Verdes, que nas últimas eleições para o Parlamento Europeu, se assumiram como a segunda força política, muito impulsionados pelo eleitorado abaixo dos 25 anos.