A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Líder da CDU cria polémica com youtubers

Líder da CDU cria polémica com youtubers
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Annegret Kramp-Karrenbauer criou a mais recente polémica na Alemanha ao entrar em guerra com o mundo internauta.

Depois das Europeias, a sucessora de Merkel nos destinos da CDU, atribuiu a responsabilidade pelo pior resultado de sempre do partido aos Youtubers.

Tudo começou quando, nas vésperas das eleições, o youtuber alemão Rezo apelou ao voto em partidos alternativos acusando a União Democrata-Cristã de nada fazer para resolver a crise climática.

Um vídeo que, só nesse dia, teve mais de 10 milhões de visualizações.

Liberdade de expressão vs. "Manipulação eleitoral"

Liberdade de opinião e expressão para uns, "manipulação eleitoral" para Karrenbauer. A líder da CDU recorreu ao Twitter para explicar que o que defende são regras para a internet.

Uma posição que não encontrou eco nas restantes forças partidárias.

Também através do Twitter, o líder do Partido Democrático Liberal defendeu que é necessário haver mais debates abertos, também nas redes sociais.

Também à esquerda se fez ouvir a condenação de Kramp-Karrenbauer pelo que consideram ser um ataque sem precedentes à liberdade de expressão.

Com uma base eleitoral forte acima dos 60 anos, a CDU e os partidos tradicionais têm sentido dificuldade em atrair os mais jovens. Ao contrário dos Verdes, que nas últimas eleições para o Parlamento Europeu, se assumiram como a segunda força política, muito impulsionados pelo eleitorado abaixo dos 25 anos.