Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Tribunal húngaro acusa capitão de "negligência criminosa"

Tribunal húngaro acusa capitão de "negligência criminosa"
Direitos de autor
REUTERS/Marko Djurica
Tamanho do texto Aa Aa

Na capital húngara, Budapeste, o tribunal acusou este sábado o capitão de um barco de cruzeiro fluvial envolvido numa colisão com outra embarcação no rio Danúbio de "negligência criminosa numa via pública navegável".

Durante a audiência contudo, o capitão ucraniano de 64 anos recusou assumir a responsabilidade pelo incidente ocorrido na quarta-feira passada.

"A essência da nossa defesa é que o capitão não cometeu qualquer erro de navegação. Ele já prestou declarações detalhadas enquanto testemunha e mantém o que disse. Na minha opinião faltam muitos dados neste procedimento para avaliar quem cometeu erros e até que ponto" afirmou o advogado de defesa Gabor Elo antes da audiência.

O incidente ocorrido na quarta-feira passada resultou na morte de pelo menos sete pessoas. Há 21 pessoas que ainda estão desaparecidas.

Os esforços de resgate foram retomados este sábado depois de interrompidos na sexta-feira devido a correntes fortes e águas turvas provocadas por chuvas intensas.

A maioria das vítimas são turistas sul-coreanos.