Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Macedónia do Norte integra NATO em 2020

Macedónia do Norte integra NATO em 2020
Direitos de autor
REUTERS/Ognen Teofilovski
Tamanho do texto Aa Aa

A Macedónia do Norte vai integrar a NATO em 2020.

Em Skopje, Jens Stoltenberg afirmou que a Organização do Tratado do Atlântico Norte está preparada para receber o país como o seu 30° membro.

O secretário-geral da NATO enalteceu os esforços feitos para encerrar a contenda de décadas, com a Grécia, sobre o nome do país, antes conhecido como Antiga República Jugoslava da Macedónia.

" O que o primeiro-ministro Zaev e o Governo da Macedónia do Norte fizeram ao acordarem com a Grécia, sobre a questão do nome é um modelo para esta região. Um modelo para o Kosovo e para toda a região. Mostra que é possível superar diferenças passadas, superar desentendimentos históricos".

O Governo de Skopje planeia aumentar as despesas com a defesa dos atuais 1% do PIB, para 2%, em 2024.

"A Macedónia do Norte participa, ativamente, na coligação mundial na luta contra o DAESH. Reafirmo que a nossa estrutura nacional e a integração na NATO se baseiam num trabalho incansável, para alcançar os resultados necessários, em conformidade com o programa de prossecução das nossas reformas", referiu o primeiro-ministro da Macedónia do Norte, Zoran Zaev.

A adesão da Macedónia do Norte e de outros países dos Balcãs à NATO é criticada pela Rússia. Moscovo afirma que a Aliança está a desestabilizar a segurança na região.