Última hora

França bate recorde de venda de armas em 2018

França bate recorde de venda de armas em 2018
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

França já é o terceiro maior exportador de armas do Mundo, depois dos Estados Unidos e Rússia. O executivo francês apresentou os números de 2018 - um ano recorde com vendas acima dos 9 mil milhões de euros, mais 30 por cento que no ano anterior. O Médio Oriente continua a ser o principal destino do armamento francês. Índia, Arábia Saudita e Qatar são os maiores clientes. Bélgica e Espanha completam o top 5.

Os números fazem parte do relatório do governo de Paris enviado ao Parlamento. A ministra francesa da Defesa não escondeu a satisfação ao declarar que são os melhores resultados dos últimos 20 anos.

Entre os maiores contratos estão a venda de aviões de combate e helicópteros ao Qatar; veículos militares faturados à Bélgica; navios-patrulha enviados para a Arábia Saudita e helicópteros para Espanha.

A venda de armamento e equipmento militar a Riade tem nos últimos anos centrado as maiores críticas. Muito pelo envolvimento da Arábia Saudita no Yémen, onde a guerra civil já causou milhares de mortos desde 2015.

A ministra francesa da Defesa antecipa a resposta. No texto que enquadra o relatório, Florence Parly diz que manter relações económicas com estes países significa estar presente em regiões de interesse para a França. Mais, o executivo diz ter de Riade a garantia de que o armamento não está a ser usado contra civis no Yémen.

O governo assegura ainda que qualquer negócio de armas está sujeito a um rigoroso processo de controlo inter-ministerial.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.