Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Michael Gove assume ter consumido cocaína

Michael Gove assume ter consumido cocaína
Tamanho do texto Aa Aa

O passado persegue os candidatos à liderança do Partido Conservador britânico. Michael Gove, atual ministro do Ambiente e ex-ministro da Justiça, assumiu numa entrevista ao jornal Daily Mail que consumiu cocaína en várias eventos sociais quando era jornalista.

Os consumos, que Gove agora lamenta e classifica como "erros", terão ocorrido há 20 anos.

A notícia não surge isolada.

Pelo menos três outros candidatos a suceder a Theresa May assumiram contacto com drogas.

Rory Stewart, ministro para o Desenvolvimento Internacional, pediu desculpas por ter fumado ópio num casamento no Irão, há 15 anos.

O ministro britânico dos Negócios Estrangeiros, Jeremy Hunt, admitiu ter bebido um batido de canábis, quando viajava pela Índia.

Boris Johnson, o favorito à lideraça dos conservadores, não desmentiu o contacto com cocaína nos tempos da Universidade.

O tema não deverá por Gove fora da corrida à liderança. O ministro tem uma base de apoio bastante alargada e visto como sério candidato à sucessão de Theresa May.