A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

"No Kids in Cages" choca nova-iorquinos

"No Kids in Cages" choca nova-iorquinos
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Dezenas de instalações que representam crianças em jaulas apareceram em Nova Iorque na quarta-feira. Fazem parte da campanha "No Kids In Cages", que pretende chamar a atenção para a separação de pais e filhos na fonteira dos Estados Unidos com o México.

As instalações chamaram a atenção de quem passava.

"Eles pensam que é perfeitamente aceitável pôr as crianças em jaulas. Lamento, mas não é. Não neste mundo. Não está certo", disse uma mulher.

"Acho que é um ato horrível. É do conhecimento comum. Toda a gente sabe disso. É simplesmente desumano. E nenhuma criança merece isso. Jamais", afirmou um homem.

"O problema não começa na fonteira, mas no país. Temos mesmo de olhar para isso. Acho que as pessoas são muito preguiçosas. Só sabem o que os media lhes transmitem, mas não escavam mais para encontrarem mesmo a verdade", disse outro homem.

Pelo menos seis menores morreram sob custódia dos Estados Unidos ou pouco depois de terem sido libertados no ano passado.

Há um ano. o mundo ficou chocado com as imagens de crianças em jaulas, depois de terem sido separadas dos pais, imigrantes ou refugiados que tentaram entrar nos Estados Unidos.

A polícia de Nova Iorque tem desmantelado rapidamente as instalações.