Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

Primeira missa em Notre-Dame depois do incêndio

Primeira missa em Notre-Dame depois do incêndio
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

A Arquidiocese de Paris quis reabrir por umas horas a Catedral de Notre-Dame, para assinalar a data da consagração daquele espaço à Virgem Maria. Exatamente dois meses depois do grande incêndio que destruíu parte do interior, foi celebrada uma missa restrita, rodeada de medidas especiais de segurança.

Na homília, o Arcebispo Michel Aupetit fez questão de marcar o momento. "Estamos profundamente felizes por poder celebrar a eucaristia. Foi para isto que foi construída. É também uma grande mensagem de esperança e de agradecimento a todos os que se emocionaram com o que aconteceu nesta Catedral, símbolo da nossa França, mas sinal também da nossa raiz cristã," disse.

O crepitar do fogo ainda não se perdeu na memória. A Igreja Católica procura uma solução para confortar os devotos que tinham na Catedral o local de oração. Em breve, deverá ser construído um pequeno santuário, com uma réplica da Virgem do Pilar de Notre-Dame.

O incêndio de 15 de abril chocou o mundo e mobilizou França, mas até ao momento, apenas 9 por cento dos 850 milhões de donativos anunciados fora efetivamente entregues. Os 82 milhões que chegaram ao fundo para a reconstrução, são provenientes de pequenos doadores.