Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

Khan responde a ataque de Trump

Khan responde a ataque de Trump
Direitos de autor
REUTERS/Dylan Martinez/Arquivo
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Sadiq Khan respondeu esta segunda-feira ao mais recente ataque de Donald Trump.

O presidente da Câmara de Londres afirmou que o presidente norte-americano se limitou a fazer eco dos comentários de uma "ativista da extrema-direita" britânica. Kahn disse que não pretende "responder à letra ao que disse Donald Trump", preferindo "concentrar energias em tentar fazer o possível para manter a cidade segura. E [Londres] é bastante mais segura do que muitas outras cidades que estão a cargo de Trump".

No sábado, Trump classificou Kahn de um "desastre", republicando no Twitter uma mensagem da polémica comentadora Katie Hopkins, que apelidava a capital do Reino Unido de "Stab City", depois de se terem registado três assassinatos e vários esfaqueamentos em Londres no espaço de 24 horas.

A animosidade entre os dois líderes não é recente. Antes da visita do presidente dos Estados Unidos a Londres, no início do mês, Khan tinha afirmado que era um erro "estender o tapete vermelho" a Trump.