A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Trump mostra poderio militar no 4 de julho

Trump mostra poderio militar no 4 de julho
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Em dia de festa nacional, Donald Trump não poupou na pompa e circunstância. 4 de Julho é dia de Independência para os Estados Unidos. Foi também uma oportunidade para o presidente norte-americano mostrar o poderio militar e espacial da nação .

Num discurso dirigido à multidão expectante em Washington, Trump afirmou que "há precisamente 50 anos, neste mês, o mundo viu os astronautas do Apollo 11 a lançar-se no espaço com um rasto de fogo e nervos de aço e a colocar a bandeira da América na superfície da Lua. Quero que saibam que vamos voltar a estar na Lua muito em breve e não daqui a muito tempo teremos a bandeira americana em Marte", revelou ainda o presidente.

Celebrações de um lado, protestos do outro. Junto ao Monumento a Washington, em vez de aviões, cartazes no ar, com muitos a acusarem o chefe de Estado de aproveitar um dia nacional e o discurso patriótico para promover a própria legislatura.