Última hora
This content is not available in your region

Medalha de Prata para Catarina Costa no Grande Prémio de Judo de Montreal

euronews_icons_loading
Medalha de Prata para Catarina Costa no Grande Prémio de Judo de Montreal
Tamanho do texto Aa Aa

Teve início o primeiro Grande Prémio de Judo de Montreal, a ter lugar no histórico Parque Olímpico da cidade. A prova conta com a participação de 249 atletas de 50 nações.

A judoca portuguesa Catarina Costa teve a melhor exibição da seleção portuguesa, arrebatando a medalha de prata da categoria de -48 kg, ao perder frente à japonesa Wakana Koga, no ponto de ouro da final, face a uma projeção para waza-ari da adversária.

Momento da final entre Catarina Costa e Wakana Koga

Actual 11.ª da categoria, esta temporada a jovem de 22 anos foi terceira no Grand Slam de Baku e quinta nos Jogos Europeus em Minsk.

A prova contou com a presença da lendária Nadia Comaneci, a nova embaixadora da Federação Internacional de Judo, que alcançou o famoso “dez perfeito” nos Jogos Olímpicos de Montreal de 1976. A ginasta e o presidente da Federação Marius Vizer, assistiram à final entre Catarina Costa e Wakana Koga.

Nadia Comaneci e Marius Vizer

A nossa Mulher do Dia

A primeira jornada começou bem para a nação anfitriã com a final de -57kg a ser disputada entre duas canadianas na sua melhor forma, Christa Deguchi e Jessica Klimkait. Foi Christa Deguchi quem reivindicou a medalha de ouro e se sagrou a nossa mulher do dia, com uma fantástica técnica de estrangulamento para ippon.

"Percebi que não seria uma luta fácil mas desta vez fiz o meu melhor, ganhei uma medalha de ouro para o Canadá. Sinto muito orgulho, estou feliz pela minha família e feliz por ter tido o apoio do público presente."
Christa Deguchi

O Homem do Dia

O nosso homem do dia é o japonês tri-campeão do mundo e medalhista olímpico de bronze Naohisa Takato. Depois de despachar os seus adversários nos preliminares com uma enorme variedade de técnicas e estilos de judo, o judoca defrentou, na final de -60kg, o russo Robert Mshvidobadze, onde prevaleceu por ippon com um espectacular contra-ataque. O combate foi uma repetição da final do ano passado, em que o japonês confirmou o seu domínio.

Naohisa Takato foi condecorado com a medalha de ouro pelo presidente da Federação Internacional de Judo Marius Vizer.

"Na minha preparação para estas competições não faço nada de diferente, mas o certo é que adoro o judo, vejo muitos vídeos de judo e tento praticar repetindo vários golpes e técnicas, e é isso que me leva ao meu melhor desempenho."
Naohisa Takato

As restantes categorias em prova

Kherlen Ganbold, da Mongólia, sagrou-se campeão em -66kg ao derrotar na final o belga Kenneth Van Gansbeke.

Jacob Valois conquistou a segunda medalha do dia para o Canadá, de bronze, a sua primeira medalha no circuito mundial de judo, ao derrotar em -66kg o australiano Nathan Katz, perante o delírio dos fãs.

Em -52kg, a medalhista de prata no Mundial de Júniores, Gefen Primo, de Israel, conquistou a medalha de ouro, derrotando a norte-americana Angelica Delgado, após um longo combate. A judoca ficou comovida ao receber a sua primeira medalha de ouro na competição.

O Movimento do Dia

O nosso movimento do dia coube ao irlandês Nathon Burns, no combate pelo bronze em -66kg frente ao marroquino Imad Bassou. O judoca marcou ippon no segundo derradeiro do combate, arrebatando a sua primeira medalha de sempre na prova.

Nathon Burns e Imad Bassou

A seleção portuguesa

Para além de Catarina Costa, a participação portuguesa em Montreal incluíu os judocas Maria Siderot, a competir também em -48kg, Joana Ramos em -52kg e Gonçalo Mansinho em -60kg. Maria Siderot alcançou o sétimo lugar e Joana Ramos e Gonçalo Mansinho foram eliminados na primeira ronda.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.