Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

Lega de Salvini poderá estar implicada num escândalo de corrupção

Lega de Salvini poderá estar implicada num escândalo de corrupção
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

O vice primeiro-ministro e ministro do Interior italiano poderá estar implicado num escândalo de corrupção.

As autoridades judiciais italianas estão a averiguar se o partido Lega, dirigido por Matteo Salvini, recebeu milhões de euros provenientes de um negócio secreto de venda de petróleo russo.

As alegações datam de fevereiro passado. Esta quarta-feira o site norte-americano Buzzfeed publicou uma gravação de um encontro em Moscovo no qual estaria presente um associado próximo de Salvini.

O ministro do Interior negou qualquer ligação ao caso.

"Sabe quantas pessoas falam umas com as outras? Será que a Lega recebeu um cêntimo que fosse? Não! E quem escrever o contrário já foi processado ou será processado nas próximas semanas", disse o Ministro italiano do Interior, Matteo Salvini.

A jornalista da euronews, Giorgia Orlandi, acompanha esta história a partir da capital italiana, Roma.

"A abertura de uma investigação pela procuradoria de Milão sobre o alegado financiamento russo da Lega de Matteo Salvini mostra o impacto da publicação feita pelo site Buzzfeed.
As reações vieram do mundo da política e um dos primeiros a reagir foi o próprio Salvini que negou qualquer envolvimento no caso afirmando que se trata de um ataque premeditado cujo objetivo seria destruir o seu partido. O primeiro-ministro, Giuseppe Conte também reagiu expressando total confiança em Salvini. Do lado do partido Democrático as reações foram mais duras. Os democratas apelaram à criação de uma comissão para investigar o caso a fundo".

A lei italiana proíbe os partidos de aceitarem financiamentos de entidades estrangeiras. No passado, Salvini tem-se mostrado empenhado em reforçar os laços com a Rússia tendo-se comprometido em terminar as sanções europeias atualmente em vigor contra o país.