Visite uma quinta angolana criada do zero há dez anos

De  Euronews
Visite uma quinta angolana criada do zero há dez anos

Angola gasta 3 mil milhões de dólares em importações de alimentos por ano, embora o solo seja altamente fértil. Tornar-se auto-suficiente na agricultura é uma prioridade para o governo angolano.

Uma maneira de conseguir isso é construir novas quintas. Fomos visitar a Fazienda Tip, uma quinta com apenas 10 anos de idade que emprega cerca de 100 pessoas nos seus 8 mil hectares de terreno.

"A primeira vez que viemos aqui foi de helicóptero. Estávamos à procura desta quinta. Construímos uma estrada seca de 25 km, para que pudéssemos ter um acesso normal. Agora estamos a acabar o transporte de energia, que fará 45 quilómetros no total. Precisamos de dedicação e amor à agricultura e ao campo.", conta Alteira Oliveira, agricultor e dono da quinta.

Altair Olivera espera uma colheita de cerca de 12.000 toneladas de milho. Na quinta são produzidos, também, muitos outros grãos, frutas e legumes. Para ter água suficiente, Altair depende principalmente do rio Kwanza, nas proximidades.

"Para nós, a zona do rio é a mais importante da quinta. É onde temos acesso a água durante os períodos secos. Temos cinco conjuntos de bombas de água com uma capacidade de produção de 260 metros cúbicos por hora, e isso é necessário para satisfazer o que precisamos para os nossos cinco conjuntos de irrigação, totalizando 460 hectares.", conta.

Inicie o vídeo de 360 ​​° para perceber como foi construída esta quinta a partir do zero.