A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Visite uma quinta angolana criada do zero há dez anos

Visite uma quinta angolana criada do zero há dez anos
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Angola gasta 3 mil milhões de dólares em importações de alimentos por ano, embora o solo seja altamente fértil. Tornar-se auto-suficiente na agricultura é uma prioridade para o governo angolano.

Uma maneira de conseguir isso é construir novas quintas. Fomos visitar a Fazienda Tip, uma quinta com apenas 10 anos de idade que emprega cerca de 100 pessoas nos seus 8 mil hectares de terreno.

"A primeira vez que viemos aqui foi de helicóptero. Estávamos à procura desta quinta. Construímos uma estrada seca de 25 km, para que pudéssemos ter um acesso normal. Agora estamos a acabar o transporte de energia, que fará 45 quilómetros no total. Precisamos de dedicação e amor à agricultura e ao campo.", conta Alteira Oliveira, agricultor e dono da quinta.

Altair Olivera espera uma colheita de cerca de 12.000 toneladas de milho. Na quinta são produzidos, também, muitos outros grãos, frutas e legumes. Para ter água suficiente, Altair depende principalmente do rio Kwanza, nas proximidades.

"Para nós, a zona do rio é a mais importante da quinta. É onde temos acesso a água durante os períodos secos. Temos cinco conjuntos de bombas de água com uma capacidade de produção de 260 metros cúbicos por hora, e isso é necessário para satisfazer o que precisamos para os nossos cinco conjuntos de irrigação, totalizando 460 hectares.", conta.

Inicie o vídeo de 360 ​​° para perceber como foi construída esta quinta a partir do zero.