A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

O "Pesadelo Americano"

O "Pesadelo Americano"
Direitos de autor
Reuters
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Dezenas de migrantes que esperavam no México por uma autorização para entrar nos Estados Unidos decidiram regressar aos países de origem. Esta terça-feira, cerca de 70 pessoas regressaram em autocarros fornecidos pelo abrigo onde vivam, na cidade fronteiriça de Juárez.

Mais de 15 mil requerentes de asilo esperam uma resposta das autoridades norte-americanas em território mexicano. Vivem com carências graves, no que diz respeito ao acesso a abrigos, comida e ajuda legal.

Para Elisa Serna, migrante natural das Honduras, a esperança transformou-se em desilusão.

“A verdade é que o tratamento que recebemos não foi bom. O sonho americano tornou-se em pesadelo americano. Em alguns aspetos, apesar de ser pobre, estou muito melhor no meu país."

Com a política de enviar os requerentes de asilo de volta ao México, os Estados Unidos querem evitar que os migrantes vivam durante anos no país à espera de uma resposta. A administração Trump diz que muitos pedidos são falsos e que os requerentes desistem quando perceberem que têm de esperar muito tempo no México.