Última hora
This content is not available in your region

Explorações de petróleo ameaçam ilhas gregas

euronews_icons_loading
Explorações de petróleo ameaçam ilhas gregas
Tamanho do texto Aa Aa

Está em risco uma das jóias do turismo grego. Quem o diz é o Fundo para a Proteção da Natureza (WWF). A organização lança o alerta para Zaquintos: a riqueza natural da ilha pode desaparecer. Em causa, a decisão do governo grego de concessionar 17 mil quilómetros quadrados de mar para a exploração petrolífera.

O Fundo para a Proteção da Natureza enviou o veleiro "Blue Panda" para patrulhar o local e chamar a atenção. A bordo, Demitres Karavellas, o diretor-geral da organização da Grécia explica à euronews que "estamos a falar de áreas com enorme importância ecológica, mas também de grande importância turística. Cerca de um terço do Produto Interno Bruto das ilhas jónicas vem do turismo. Imaginemos o cenário de um pequeno ou g rande acidente com petróleo nestas águas e o impacto que teria nestas ilhas."

Os ativistas têm multiplicado os contactos de sensibilização com a população e empresários locais.

Filmaram mesmo um protesto subaquático para mostrar a pureza do ecossistema que é ameaçado pela exploração de petróleo. "Salvem o paraíso; A Grécia livre de petróleo" é o slogan da campanha que já faz eco em terra. Antonis Nikoloudakis, proprietário de um hotel em Zaquintos, aponta o dedo ao executivo de Atenas: «Hoje a Europa está a virar as costas à exploração de petróleo, mas a Grécia prefere escolher um caminho diferente. Um acidente com petróleo seria devastador tanto para o ambiente natural em Zaquintos, como para o turismo, que é a maior fonte de rendimento na economia das ilhas gregas," afirma.

O governo argumenta que a Grécia incorporou todas as leis europeias de proteção do ambiente, que são as mais restritivas do mundo. As organizações não governamentais e ativistas internacionais insistem que um ecossistema icónico e muito sensível está a ser posto em risco para um pequeno e duvidoso retorno financeiro.