A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Grécia, a nação mais "business friendly da União Europeia"?

Grécia, a nação mais "business friendly da União Europeia"?
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

A renovada paisagem política grega é sinónimo de novas ambições. Adonis Georgiadis tem em mãos uma das pastas mais desafiantes no executivo recém-eleito: o Desenvolvimento e Investimentos.

Em entrevista à Euronews, o ministro disse que a prioridade passa por promover o crescimento, custe o que custar, para deitar para trás alguns dos anos mais negros na história moderna da Grécia.

"A nossa ambição é transformar o nosso país na nação mais 'business friendly' da União Europeia. Para começar vamos reduzir os impostos e eliminar a burocracia. Em agosto haverá nova legislação que mudará quase toda a lei para facilitar os negócios no país. Queremos dizer a todas as pessoas que se querem ganhar dinheiro e fazer negócios é o momento de rumar à Grécia", sublinhou o ministro grego do Desenvolvimento e Investimentos.

O corte de impostos não rima com os planos de Bruxelas. Os credores da Grécia insistem que a política fiscal deve manter-se para o país atingir as metas orçamentais mas Adonis Georgiadis usa outra narrativa: "A União Europeia quer ter sucesso na Grécia. Vamos dar esse sucesso à União Europeia. Temos orgulho em ser gregos e europeus."

O novo executivo, liderado por Kyriakos Mitsotakis, tem objetivos ambiciosos. Até ao final do ano que vem quer duplicar o crescimento. Para alguns, não passam de quimeras.