Última hora
This content is not available in your region

Catástrofe ambiental na Rússia

euronews_icons_loading
Catástrofe ambiental na Rússia
Tamanho do texto Aa Aa

Os trabalhadores da emergência russa continuam a combater os incêndios florestais na Sibéria. De acordo com as autoridades, já destruíram mais de 3,1 milhões de hectares de floresta, uma área aproximadamente do tamanho da Bélgica ou do estado norte-americano do Maryland.

"O tamanho dos incêndios é realmente enorme. Quando vínhamos para aqui, de helicóptero, vimos as florestas em fogo. Lamento muito pela floresta!," afirmou o oficial das equipas de emergência Alexander Vorobyov.

O território em chamas inclui zonas remotas em Krasnoyarsk, Yakutia e Irkutsk.

Os ambientalistas afirmam que é uma catástrofe ecológica.

A agência espacial norte-americana NASA diz que as imagens de satélite mostram que o fumo dos incêndios se espalhou da Sibéria e do Extremo Oriente até ao Alasca e à costa oeste do Canadá.

De recordar que, na semana passada, o presidente russo, Vladimir Putin ordenou que o exército participasse na luta contra os grandes incêndios florestais que devastam a Sibéria há varias semanas. Aviões militares também ajudam a combater os incêndios.